Pesquisa mostra que 76,7% dos empresários do comércio querem contratar em 2021 em Campo Grande

Maioria dos entrevistados acredita que economia do país vai melhorar

Pesquisa divulgada pela CNC (Confederação Nacional do de Bens, Serviços e Turismo) mostra que 76,7% dos empresários do comércio têm expectativa de aumentar seu quadro de funcionários este ano em Campo Grande.

Para 54% dos empresários ouvidos na pesquisa, as condições atuais da economia brasileira apresentou melhora, sendo que apenas 8,4% acreditam que melhorou muito. Outros 52,4% pontuaram que as condições para o comércio melhorou pouco.

Então, 86,9% dos comerciários acreditam que a economia deve melhorar neste ano, e 13,1% apenas acreditam que a situação pode piorar.

Em um ano, o índice de confiança do empresário do comércio de Campo Grande caiu 6,9%. Conforme divulgado pela CNC (Confederação Nacional do de Bens, Serviços e Turismo), o valor foi de 124,7 em janeiro, enquanto que no mesmo período do ano passado, quando registrou 133,9.

“A inflação de 2020 fechou em 4,52%, a maior desde 2016 e a depender do índice considerado, como o IGP-M, o percentual superou 20%. Além disso, nossa economia está fortemente atrelada a algumas variáveis, como as oscilações políticas e avanços ao combate da , o que pode ajudar a justificar a confiança menor neste início de ano”, explica a economista do Instituto de Pesquisas da (Federação do ) de MS, Daniela Dias.

Durante o início da pandemia, de maio a agosto, o índice chegou a ficar abaixo dos 100 pontos, que é considerado um limite entre otimismo e pessimismo.

Pesquisa mostra que 76,7% dos empresários do comércio querem contratar em 2021 em Campo Grande
Mais notícias