Número de empresas que decretaram falência subiu 75% em 2020 em MS, indica Serasa

Economista acredita que salto não aconteceu como se imaginava diante da pandemia

O número de empresas que decretaram subiu 75% em 2020 em . Os dados foram divulgados pelo Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Experian.

Conforme o levantamento, foram 14 s decretadas ano passado no Estado contra 8 registradas em 2019.

Apesar da alta, o economista da Experian, Luiz Rabi, acredita que o salto no número de s e recuperações judiciais não aconteceu como se imaginava. “Com a facilitação de prazos feita pelos credores, os juros mais baixos e as novas linhas de crédito disponibilizadas, os donos de negócios recorreram menos à , que já é naturalmente o último recurso das empresas com dificuldades financeiras”, explica Rabi.

Além disso, muitos empresários e empreendedores optaram por aguardar a resolução da nova Lei de Falências, que promete tornar a ferramenta mais eficiente, permitindo por exemplo, que as empresas façam financiamentos na fase de . “O mercado de crédito foi um fator fundamental na recuperação econômica apresentada no segundo semestre de 2020 e seguirá sendo importante para uma retomada contínua em 2021”, finaliza o economista.

A é um processo judicial por meio do qual é realizada a apuração e venda de todos os bens de uma empresa que não possui mais condições de pagar todas suas dívidas para que seja efetuado o pagamento em favor de seus credores.

Por outro lado…

Enquanto que o número de empresas que decretaram processo de quase dobrou em MS, os pedidos de caíram 52,9% em , conforme o indicador.

Assim, a informou que foram apenas 8 recuperações judiciais solicitadas em 2020, enquanto que no ano anterior o Estado havia registrado 17 pedidos.

De forma resumida, a serve para evitar que uma empresa em dificuldade financeira feche as portas. É um processo pelo qual a companhia endividada consegue um prazo para continuar operando enquanto negocia com seus credores, sob mediação da Justiça.

Número de empresas que decretaram falência subiu 75% em 2020 em MS, indica Serasa
Mais notícias