Indústria de etanol recebe isenção de imposto para instalação em Dourados

Medida foi assinada pelo prefeito Alan Guedes e publicada em Diário Oficial do Município

O prefeito Alan Guedes (PP) concedeu isenção de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) para obra de construção de uma indústria especializada em produção de etanol de milho, além dos subprodutos farelo.

A medida de isenção ISSQN foi publicada em Diário Oficial do Município na semana passada à Inpasa Agroindustrial S/A, que prevê investimento inicial calculado em R$ 800 milhões. No ano passado o pedido já tinha recebido o sinal verde do CMD (Conselho Municipal de Desenvolvimento).

Segundo informações do CMD, a previsão de área a ser construída é de 122.533,41 m², que terá capacidade de processar 3,6 mil toneladas por dia de milho, que serão utilizadas na produção de etanol anidro e hidratado.

A reportagem do Midiamax apurou que o projeto industrial deve gerar inicialmente 158 empregos diretos podendo evoluir em seguida para 400 que, segundo projeções do CMD,  as obras de construção da planta devem ser iniciadas ainda este ano.

A indústria, segundo informações constantes na Ata do CMD, publicada no Diário Oficial do Município no ano passado, será instalada na BR-163, saída para Caarapó, onde o grupo empresarial adquiriu uma área de 150 hectares de terra. Nas proximidades já funcionam outros projetos industriais.

Indústria de etanol recebe isenção de imposto para instalação em Dourados
Mais notícias