Cotidiano / Economia

Confira: Liberação de saque de R$ 1,1 mil pelo novo modo emergencial do FGTS

Uma nova rodada do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode ser liberada pelo governo Federal em 2021. A diferença para este ano, caso a medida seja liberada, está relacionada ao valor, já que o saque emergencial prevê a liberação de até um salário mínimo aos trabalhadores, logo, com o […]

Fábio Oruê Publicado em 07/03/2021, às 15h44 - Atualizado em 08/03/2021, às 14h09

Saque aniversário FGTS. (Foto: Divulgação)
Saque aniversário FGTS. (Foto: Divulgação) - Saque aniversário FGTS. (Foto: Divulgação)

Uma nova rodada do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode ser liberada pelo governo Federal em 2021. A diferença para este ano, caso a medida seja liberada, está relacionada ao valor, já que o saque emergencial prevê a liberação de até um salário mínimo aos trabalhadores, logo, com o reajuste do salário mínimo o novo saque poderá ser de R$ 1.100 contra R$ 1.045 em 2020.

O Saque-aniversário  de 2021 já começou a ser liberado pela Caixa Econômica Federal para os beneficiários. Segundo o banco, mais de 9,7 milhões de trabalhadores optaram por essa modalidade e poderão sacar o dinheiro conforme o calendário de pagamentos.

O período para retirada do benefício começa no primeiro dia útil do mês do aniversário do beneficiário e vai até o último dia útil do segundo mês subsequente. Por exemplo: se o trabalhador nasceu em 15 de janeiro, seu saque-aniversário estará disponível de 4 de janeiro a 31 de março.

Caso o beneficiário não saque o dinheiro até a data limite, ele volta automaticamente para sua conta do FGTS.

Veja como fica o calendário de pagamentos em 2021:

  • Nascidos em janeiro: de janeiro a 31 de março
  • Nascidos em fevereiro: de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março: de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril: de abril a 30 de junho
  • Nascidos em maio: de maio a 30 de julho
  • Nascidos em junho: de junho a 31 de agosto
  • Nascidos em julho: de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto: de agosto a 29 de outubro
  • Nascidos em setembro: de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro: de outubro a 31 de dezembro
  • Nascidos em novembro: de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022
  • Nascidos em dezembro: de dezembro de 2021 a 28 de fevereiro de 2022

Embora as datas estejam pré-estabelecidas, o trabalhador precisa conferir o regime de funcionamento das agências da Caixa no dia em que pretende sacar o dinheiro. Em 31 de dezembro, por exemplo, os bancos não abrem, e a retirada do benefício só estará disponível pelo aplicativo do FGTS.

Saque-aniversário

Esta opção pode ser realizada no aplicativo do FGTS, no site da Caixa Econômica, no internet banking da Caixa ou nas próprias agências.

Os trabalhadores que optarem pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu nascimento poderão receber o valor no mesmo ano. Ou seja: quem nasceu em março, por exemplo, tem até o próximo dia 31 para escolher a modalidade e receber o dinheiro ainda em 2021.

A migração não é obrigatória. Quem não fizer a adesão, permanecerá na regra do saque-rescisão, que permite acesso ao fundo para compra da casa própria, aposentadoria e demissão sem justa causa, além de outras situações previstas em lei.

*Com informações do portal Economia UOL. 

Jornal Midiamax