Com expectativa de produzir 11,5 milhões de toneladas, produtores de MS encerram plantio da soja

Mais da metade dos grãos plantados já foi comercializado

Produtores de encerraram o plantio da com 90% das lavouras em boas condições e expectativa de produzir 11,591 milhões de toneladas na safra 2020/2021. Os dados são do projeto SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do ).

O período para plantio terminou em 31 de dezembro e boletim técnico avaliou as lavouras do Estado na última semana de dezembro. De acordo com o boletim as chuvas do fim de dezembro contribuíram para o desenvolvimento das lavouras em todo o Estado, que conta com 90% da área plantada em boas condições, 9% regular e apenas 1% em condições ruins, ou seja, com alta infestação de pragas ou outros defeitos que causem perdas na qualidade do grão.

Na região Norte do Estado, 99% da lavoura está em condições boas. O percentual diminui para 85% na região nordeste, onde 12% está regular. Oeste, centro e sul mantem percentuais bons acima de 90%, o que são bons indicativos para a safra de .

Na safra 2020/2021, deve atingir produtividade 53 sacas por hectare, chegando a produção de 11,591 milhões de toneladas. A área plantada está estimada em 3,645 milhões de hectares, aumento de 7,55% quando comparada com a área da safra 2019/2020, que foi 3,389 milhões de hectares.

Segundo levantamento realizado pela Granos Corretora, até 21 de dezembro, o Estado havia comercializado 56,50% da safra 2020/21, percentual na média do mesmo período da safra passada. Porém, o preço médio da saca de 60 kg de está 56% mais alto que no ano passado. Terminou 2020 em R$ 111,77/sc contra R4 71,63/sc em 2019.

Com expectativa de produzir 11,5 milhões de toneladas, produtores de MS encerram plantio da soja
Mais notícias