Preço médio da gasolina fica três centavos mais barato no Estado; etanol também cai

Óleo diesel e botijão de gás também observaram queda, ao passo que o GNV encareceu

O preço do litro da gasolina recuou três centavos em , segundo levantamento de preços da (Agência Nacional do , Gás Natural e Biocombustíveis). O também ficou mais barato.

Na semana entre os dias 22 e 28 de novembro, o preço médio da gasolina no Estado ficou em R$ 4,505. A pesquisou 43 postos, que vendiam o combustível entre R$ 4,35 e R$ 4,849.

O levantamento anterior, feito entre os dias 15 e 21 de novembro, apontava preço médio de R$ 4,537 pelo litro do combustível.

De quebra, a gasolina aditivada também ficou três centavos mais barata – de R$ 4,647 há duas semanas, para R$ 4,613 atualmente.

Por outro lado, o recuo no preço do foi mais discreto – de apenas um centavo. A última pesquisa da indicou preço médio de R$ 3,301 pelo litro. Na semana imediatamente anterior, o biocombustível era comercializado na média de R$ 3,310.

Além disso, o preço médio do óleo também ficou um centavo menor e fechou a semana passada em R$ 3,517. Desvalorização maior foi notada no S10, de três centavos, com preço médio a R$ 3,571.

A ANP ainda levantou uma queda de R$ 1,50 no valor médio do botijão de gás de 13 quilos (GLP). O preço médio praticado entre 22 e 28 de novembro em foi de R$ 72,39.

Na contramão, a média de preço pelo metro cúbico do GNV subiu dez centavos de uma semana para a outra, chegando a R$ 3,502.

A acompanha semanalmente os preços praticados por revendedores de combustíveis automotivos e de GLP (Gás Liquefeito de ) envasilhado em botijões de 13 quilos. O levantamento é realizado por empresa contratada pela agência.

O estudo feito entre os dias 22 e 28 deste mês abordou postos e estabelecimentos localizados em Campo Grande e Dourados.

Preço médio da gasolina fica três centavos mais barato no Estado; etanol também cai
Mais notícias