FCO prorroga parcelas que vencem hoje, mas só para clientes adimplentes e com limite

Medida, conforme a Semagro, deve beneficiar cerca de 6 mil contratos no Estado; fundo recebeu pedido para estender benefício

O Banco do Brasil prorrogou o vencimento do pagamento de parcelas de 6 mil contratos do FCO Empresarial (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) em Mato Grosso do Sul, que tinham vencimento para esta quarta-feira (1º). A medida abrange parcelas de abril e maio e foi informada pela instituição financeira ao Governo do Estado no fim da tarde de terça-feira (31). A medida integra acenos do Governo Federal para ajudar os empresários em dificuldade por conta das medidas de contenção adotadas contra o novo coronavírus (Covid-19).

O banco informou que a negociação da prorrogação do pagamento de parcelas de abril e maio do FCO Empresarial deve ser feita diretamente nas agências nesta quarta, sendo válida para os clientes adimplentes (com parcelas anteriores em dia) e limite de crédito vigente.

Conforme a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), cujo titular, Jaime Verruck, preside o CEIF/FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO), dos contratos vigentes, 86% são de micro, pequenos e médios empresários.

O Governo do Estado aguarda para hoje novidades dos Ministérios da Economia e do Desenvolvimento Regional em relação a demandas locais para ampliar a carência de pagamento das parcelas do FCO e extensão do benefício a outros contratos, bem como ampliação de recursos para financiamento de capital de giro dissociado –disponibilizado aos pequenos empresários.

FCO prorroga parcelas que vencem hoje, mas só para clientes adimplentes e com limite
Mais notícias