Dourados deve receber investimentos de R$ 800 milhões com indústria de etanol de milho

O pedido de isenção de impostos já foi aprovado pelo município e com isso as obras devem ser iniciadas no início de 2021

Com investimento inicial calculado em R$ 800 milhões, Dourados inicia as negociações para a implantação de uma especializada em processamento de etanol de milho na cidade. O sinal verde foi dado pelo CMD (Conselho Municipal de Desenvolvimento), que aprovou pedido de isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza).

Segundo informações do CMD, a previsão de área a ser construída é de 122.533,41 m², que terá capacidade de processar 3,6 mil toneladas por dia de milho, que serão utilizadas na produção de etanol anidro e hidratado. “O projeto é da empresa Inpasa Agroindustrial S/A e prevê um aporte de R$ 800 milhões”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico de Dourados, Sérgio Luiz Domingos Miranda.

A reportagem do Midiamax apurou que o projeto industrial deve gerar inicialmente 158 empregos diretos podendo evoluir em seguida para 400. “A informações que temos é que, com a aprovação da isenção de impostos feita pelo CMD, a empresa já planeja iniciar a construção da planta industrial entre os meses de janeiro e fevereiro”, comentou Miranda.

A , segundo informações constantes na Ata do CMD, publicada no Diário Oficial do Município na edição da última segunda-feira (16), será instalada na BR-163, saída para Caarapó, onde o grupo empresarial adquiriu uma área de 150 hectares de terra. Nas proximidades já funcionam outros projetos industriais.

Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico, na próxima segunda-feira (23) acontece uma reunião entre representantes do município e também da diretoria da empresa. “Já está confirmada participação do diretor industrial da empresa, Rafael Ranzolim”, disse Miranda.

Questionado a respeito do que representa a isenção de impostos em termos de valores, o secretário ressaltou que esses detalhes estão apurados pela equipe econômica do município e devem ser apresentados aos investidores durante a reunião prevista para a próxima semana.

Dourados deve receber investimentos de R$ 800 milhões com indústria de etanol de milho
Mais notícias