Contra reduções, grupo quer comissão para fiscalizar repasse do ICMS em Dourados

A iniciativa é da Fundação Álvaro Vale e está fundamentada em estudos sócio econômicos sobre o município

A medida anunciada pelo governo de Mato Grosso do Sul que reduziu o repasse do (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em Dourados, está fomentando a criação de um grupo permanente para atuação nos próximos quatro anos. A proposta é da Fundação Instituto Álvaro Vale e deve contar com a participação de universidades e outras instituições.

Com a criação do grupo de acompanhamento, a Fundação que é ligada ao PL (Partido Liberal), está propondo a criação de um grupo que possa encontrar soluções que ajude o município a reduzir as constantes perdas de repasses correspondentes ao e que nos últimos quatro tem afetado diretamente a sua economia.

Segundo o presidente do PL em Dourados, Carlos Bernardes, já está mais do que na hora de repensar o que já foi feito até agora e quais ações para evitar que essas reduções  nos repasses continuem acontecendo.

“Como segunda cidade do MS, nós resolvemos fazer uma discussão com a sociedade organizada e convidar a UFGD, a UEMS, a Unigran, o Sindicatos dos contabilistas, a Associação Comercial e Industrial de Dourados e as demais instituições que queiram participar de um estudo de recuperação econômica de Dourados”, propõe Bernardes.

O representante da Fundação Álvaro Vale também ressalta que o município tem perdido muito com isso e ao mesmo tempo tem uma responsabilidade muito grande no que diz respeito a apresentar e até acompanhar o movimento financeiro do município e encaminhar essas questões junto ao Governo do Estado.

“Nós já estamos conversando com um pesquisador da UFGD que tem um estudo socioeconômico sobre Dourados e ele se colocou à disposição para nos ajudar nessas discussões e envolver o maior número possível de pessoas”, explicou Bernardes, que deve acertar os detalhes para a formação dessas futuras parcerias nesta quinta-feira (19).

Contra reduções, grupo quer comissão para fiscalizar repasse do ICMS em Dourados
Mais notícias