Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia

Trabalhadores informais recebem auxílio de R$ 600 ou R$ 1,2 mil, no caso de mães solteiras

A Caixa Econômica Federal disponibiliza nesta terça-feira (7) o aplicativo para cadastro do auxílio emergencial e o site com as orientações. Pelo site ou pelo aplicativo, informais, autônomos e MEIs (Micro Empreendedores Individuais) poderão pedir o auxílio no valor de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, no caso de mães solteiras, no período de dificuldade devido à pandemia. Para se cadastrar, o procedimento é fácil, confira o passo a passo:

Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia1. Acesse a loja de aplicativos

Se for utilizar o celular, acesse a loja de aplicativos no celular e clique em baixar o app ‘Caixa Auxílio Emergencial’. Clique aqui para baixar no Android ou iOS.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente. De acordo com o ministro da cidadania Onyx Lorenzoni, houve um acordo com empresas de telefonia para que mesmo as pessoas sem crédito no celular possam baixar o aplicativo.

Se estiver em um desktop ou notebook, é possível se cadastrar pelo site. Na entrada do site ou aplicativo, a Caixa disponibiliza informações sobre o que é o auxílio emergencial. 

Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia

2. Confira pré-requisitos

Confira os pré-requisitos para receber o auxílio: O interessado deve ler com cuidado, já que para receber o benefício, é preciso se encaixar no perfil, como: não ter emprego formal, não ser beneficiário, ter renda familiar total de até três salários mínimos (R$ R$ 3.135), entre outros.

3. Se estiver de acordo, continue

Se tiver os requisitos, continue: Aquele que cumprir com todos os requisitos listados, deve selecionar as duas caixas: “Declaro que li e tenho ciência que me enquadro em todas as condições acima” e “Autorizo o acesso e uso dos meus dados para validar as informações acima”. Depois, é só prosseguir. 

Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia4. Informe seus dados

O interessado deve informar os dados para se cadastrar. Os dados devem ser informados conforme  cadastro na Receita Federal.

Após informar dados como Nome, Sobrenome, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e Nome da Mãe, é preciso informar o número de celular. A Caixa enviará um código para ativar o cadastro.

Em seguida, informe qual era sua renda média mensal e atividade. Prossiga e informe a quantidade de membros de sua família. Se for mulher e chefe de família, não se esqueça de selecionar a caixa para receber auxílio em dobro. 

Por fim, o trabalhador por optar por receber o auxílio em conta existente ou abrir uma conta poupança digital para receber. Depois é só acompanhar a solicitação.

Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia
Auxílio tem o objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus. (Foto: Marcos Ermínio)

Confira quem pode receber o benefício:

O auxílio emergencial será pago a quem tem mais de 18 anos, não tem emprego formal ativo e não recebe aposentadoria, BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou Seguro Desemprego.

Isso quer dizer que quem estiver usufruindo do Seguro Desemprego ou já receber o BPC está fora do auxílio emergencial. Contudo, a lei destaca que o BPC ou benefício previdenciário de até um salário mínimo para idoso com mais de 65 anos ou pessoa com deficiência não será computado para o pagamento do BPC a outra pessoa da mesma família durante a pandemia.

Também estão incluídos o auxílio pessoas com renda mensal familiar de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou na qual a renda per capita (por integrante) é de até meio salário mínimo (R$ 522,50).

Até duas pessoas por família podem receber o auxílio, mas mães solteiras que são as chefes de família recebem em dobro. Quem recebeu até R$ 28.559,70 em todo o ano de 2018 terá direito a receber o auxílio, que é limitado a duas pessoas por família, desde que ambas atendam aos pré-requisitos.

Como será feito o pagamento? 

O Governo Federal pretende fazer o pagamento por meio de bancos públicos, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, ou por ordem de pagamento para saque em casas lotéricas e, futuramente, caixas eletrônicos.

A lei federal prevê, ainda, que os bancos públicos abram poupanças sociais digitais para os beneficiários do auxílio, sem apresentação de documento ou cartão, isenta de taxa de manutenção e com direito a uma transferência gratuita para outro banco.

Atenção: o Cartão Cidadão da Caixa Econômica Federal não é uma garantia de que você já receberá o benefício. Ele poderá ser uma alternativa usada para a liberação dos recursos, mas exigirá a tomada de procedimentos anteriores – como o cadastro no aplicativo.

Confira como baixar: Caixa lança aplicativo para receber auxílio de R$ 600 na pandemia
Mais notícias