TV por assinatura está em queda no Brasil

Desemprego e plataformas de streaming são os principais responsáveis pela crise

Pressionado pela crise econômica, o desemprego e a forte concorrência com as plataformas de streaming, o setor de TV por assinatura segue em queda livre, de acordo com dados divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) nesta semana.

Segundo informou a coluna do jornalista Ricardo Feltrin, o Brasil fechou marco com 17,23 milhões de assinantes, quase 3 milhões a menos que o final de 2014, quando foram registradas 20 milhões de assinaturas.

Ainda segundo Feltrin, nos últimos 12meses a TV paga encolher -4,27%. A Net-Claro perdeu cerca de 584 mil assinantes neste período. A Vivo viu a perca de 73 mil domicílios e a Sky, 113 mil.

Já a OI foi a única que está em crescente no mercado, com 1,59 milhões de assinantes.

Mais notícias