Reinaldo fala em equilíbrio na colheita de soja e diminuição de perdas

Azambuja acredita em migração de 1,5 milhão de hectares usados na pecuária, para grãos, eucalipto e cana-de-açúcar

Durante reunião na Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), nesta terça-feira (9), o governador Reinaldo Azambuja afirmou que o estado não sofreu perda na arrecadação da safra 2018/19, de soja.

Conforme Azambuja, o mau tempo não prejudicou os números. O aumento de 10% de área de soja plantada [280 mil hectares] manteve os números equilibrados. “Nós chegamos perto de 3 milhões de área plantada da safra 2018/19 colhida recentemente”.

O governador falou também sobre o incremento de quase 160 mil hectares no milho. “O aumento da área plantada acabou cobrindo um pouco o problema com as condições do clima. Nós tivemos em algumas regiões, queda de produtividade, mas acabou parte disso, sendo compensada pelo aumento da área plantada e aumento da produtividade em algumas regiões. Esse aumento acabou equilibrando a balança, com isso, o estado não teve perdas”.

Ainda de acordo com Azambuja, nos próximos 10 anos, pode haver uma migração de cerca de 1,5 milhão de hectares usados na pecuária ou pastagens degradadas em MS, para grãos, eucalipto e cana-de-açúcar. “Para a gente potencializar ainda mais a produção no nosso estado”, ressalta.

Mais notícias