MS teve abertura de 3,4 mil empresas no 1° semestre de 2019

O número é o maior desde 2015 e empresas de serviços lideram aberturas

O setor econômico de Mato Grosso do Sul teve um grande salto nos primeiros seis meses de 2019. Isso porque o Estado teve a abertura de 3.439 novas empresas e o número foi o maior desde 2015.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Família), divulgou o balanço semestral nesta terça-feira (2) e destacou a importância dos novos empresários de MS mesmo com um cenário não tão favorável com crise econômica e baixo crescimento no PIB (Produto Interno Bruto).

“Quando nós olhamos para os números do primeiro semestre de abertura de empresas, fica muito bem definido que as áreas continuam crescendo são as áreas de serviço ocupadas por pessoas que perderam o emprego e que buscam empreenderem e outros empresários, mesmo no processo de crise, ainda acreditam e fazem a abertura de novas atividades”,

A quantidade foram 2.201 empresas de serviços (64%), 1.090 no setor de comércio (31,7%), 148 no setor de indústria (4,30%).

Campo Grande liderou no quesito de cidade que mais abrir empresas, com 1.446 (42,05%). Na sequência ficaram as cidades de Dourados, com 401 novas empresas (11,66%); Três Lagoas, com 140 empresas (4,07%) e Ponta Porã, com 123 empresas (3,58%).

Ainda de acordo com Verruck a expectativa é de que até o final do ano novas empresas sejam abertas. “Assim que as condições econômicas melhorarem, seja com previdência ou uma nova política econômica, a gente tem certeza que esses números ainda neste ano sejam melhores que os apresentados”, afirmou o secretário.

Registro automático

O presidente da Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul) Augusto César Ferreira de Castro, aproveitou a oportunidade para falar do registro automático para empresários. O serviço oferece a uma possibilidade de o empreendedor abrir sua empresa em segundos pela internet.

O projeto implantado pelo governo por meio da Semagro e a Jucems, já permite que a abertura de empresas seja realizada de forma digital e com emissão de registro e CNPJ em questão e segundos

“É mais uma etapa do processo iniciado em 2015 pelo Governo do Estado para desburocratizar e oferecer mais agilidade e segurança no processo de abertura de empresas em Mato Grosso do Sul”.

A junta digital foi lançada no ano passado e foi possível reduzir de 35 para 3 dias o tempo gasto para o empresário ter em mãos todos os papéis que autoriza a abertura da sua empresa o seu funcionamento. “Esse prazo pode cair poucos segundos dependendo da natureza e complexidade do empreendimento”, disse Augusto César.

O serviço deve começar a funcionar a partir desta quinta-feira (4) e ficará disponível 24h, 7 dias por semana, basta acessar a página do Jucems, clicando aqui.

Mais notícias