Microempresários terão R$ 465 milhões em recursos para empréstimo em MS

Quem estiver interessado na liberação de crédito deve procurar uma agência até 14 de novembro

O setor produtivo de Mato Grosso do Sul se reuniu nesta segunda-feira (21) para anunciar a liberação de R$ 465 milhões para os micro e pequenos empresários do estado. Os empreendedores que tiverem uma boa ideia para alavancar sua empresa neste final de ano, pode procurar a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil até o dia 14 de novembro.

São R$ 215 milhões de saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pela Caixa e mais R$ 250 milhões disponíveis no FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) Empresarial, FCO Giro e o Giro 13° no Banco do Brasil.

Conforme o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae e presidente da Fiems, Sérgio Longen, o objetivo dos novos recursos é movimentar a economia de MS principalmente agora com o fim de ano se aproximando.

Microempresários terão R$ 465 milhões em recursos para empréstimo em MS
Coletiva de imprensa onde foi anunciado a liberação dos recursos | Foto: Mylena Rocha, Midiamax

O dinheiro será ofertado para capital de giro do FCO. “São valores que serão disponibilizados para os empresários pelo Banco do Brasil e pela Caixa. Os empresários deverão procurar o banco até o dia 14 de novembro, pois aí terá tempo hábil para a liberação. Os microempresários que tiverem uma boa ideia, terão esse recurso prontamente liberado”, disse Longen.

Sandro Grando, superintendente do Banco do Brasil, disse que todo o interessado deve procurar uma das agências para um atendimento personalizado. “Além desses recursos para investimento, eles terão uma linha para capital de giro para o 13°”, explicou.

Já o superintende da Caixa, Evandro Lima, disse que a caixa deverá liberar R$ 215 milhões para a economia de MS. “Temos condições de atender todo e qualquer pequeno e microempresário. Tanto no comércio e na indústria. Tem linha para investimento no turismo e para o 13°. A Caixa já liberou R$ 215 milhões e vai liberar R$ 215 milhões até o fim do ano”, disse.

O secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) Jaime Verruck, disse que o governo também pretende reabrir o fundo de financiamento rural e que há a disponibilidade de R$ 200 milhões para aplicar na economia do estado. “Queremos chegar até o fim do ano dando condições aos empresários”, disse.

Microempresários terão R$ 465 milhões em recursos para empréstimo em MS
Mais notícias