Liquigás é comprada por consórcio com participação de empresa de MS

Consórcio apresentou a melhor oferta final para a compra da empresa, no valor de R$ 3,7 bilhões

A Petrobrás confirmou nesta quinta-feira (7) a venda de sua participação na Liquigás para o consórcio formado pela Copagaz, Itaúsa e Nacional Gás Butano. O consórcio apresentou a melhor oferta final para a compra da empresa, no valor de R$ 3,7 bilhões. Vale lembrar que a Copagaz é uma empresa sul-mato-grossense que atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás GLP.

A transação da venda ainda será submetida à aprovação dos órgãos competentes da Petrobras e as etapas subsequentes do projeto serão divulgadas ao mercado.

“Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à geração de valor para os nossos acionistas”, informou a Petrobras.

De acordo com informações do jornal O Globo, a Copagaz é a líder do consórcio com 80% da participação e será a controladora da companhia. A Itaúsa terá uma participação relevante, seguida pela Nacional Gás.

Mais notícias