Agricultura: suspensão de venda de carne bovina para a China é temporária

O Ministério da Agricultura informou nesta segunda-feira, 3, que a decisão de suspender as exportações de carne bovina para a China é “temporária”. “A suspensão temporária protocolar é uma medida automática, prevista em documento de 2015 assinado com a China”, disse a assessoria da pasta. “Como se trata de medida protocolar – e não de risco sanitário – a expectativa é que logo se levante o embargo. Em tempo razoável para que as autoridades chinesas avaliem os documentos já entregues pela embaixada de Pequim ao governo chinês.”

A suspensão das vendas do produto para a China se deve ao caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina (EEB) confirmado em Mato Grosso pela pasta no dia 31 de maio. A doença é conhecida popularmente como “mal da vaca louca”.

Sobre as negociações do Ministério da Agricultura para retomada de exportações de carnes para Ásia, a assessoria disse que são questões independentes.

Mais notícias