Preço da carne em Dourados varia 79%

Pesquisa do Procon foi feita em 20 estabelecimentos diferentes

Para ter acesso à carne mais em conta, os consumidores em Dourados terão que percorrer muitos estabelecimentos. Para facilitar, o Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor), de Dourados, realizou hoje (28) uma pesquisa de preços das carnes bovina, suína e de aves, onde constatou uma variação de preços que chega a 79,42%.

Os pesquisadores visitaram 20 diferentes estabelecimentos da cidade e verificaram do menor ao maior preço dos cortes mais vendidos. O levantamento do Procon revela que a ponta de peito bovina apresentou variação entre o menor (R$ 12,89) e o maior (R$ 24,99) de 93,87%.

Já no lombo suíno a diferença encontrada entre o menor (R$ 12,98) e o maior (R$ 34,99) preço foi de 169,57%. Em relação à carne de frango foi encontrado, na coxa e sobrecoxa, diferença de até 130,97. Já no peito com osso, a diferença foi de 65,60%.

A menor variação de preços foi no patinho, onde o menor valor foi de R$ 21,99 e o maior foi de R$ 31,80, com variação foi de 44,61%.

Foram encontrados cinco produtos com diferença acima de 100%, que são pernil suíno (100,11%), costela suína (101,78%), paleta suína (110,23%), coxa e sobrecoxa de aves (130,97%) e lombo suíno (169,57%).

Mais notícias