Líder em reclamações, Energisa é advertida pela Aneel para corrigir falhas em interrupção de energia

Problema será alvo de nova fiscalização e poderá render multa à concessionária

Energisa deverá melhorar o serviço de fornecimento de energia e a estrutura da central de teleatendimento após fiscalização da Aneel (Agência Nacional de ) detectar inconformidades. Assim, uma nova vistoria será realizada para averiguar se os problemas foram corrigidos. Apesar das falhas e excesso de reclamações, um novo aumento nas contas de luz está previsto para abril de 2021.

Isso porque a concessionária recebeu advertência da Aneel nesses dois quesitos em fiscalizações recentes feitas pela Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de ), que é a responsável delegada pela Aneel para vistoriar a concessionária em MS.

Em nota, a Agepan informou que “inconformidades detectadas que motivaram a penalização de Advertência precisaram ser corrigidas e isso volta a ser objeto de checagem pela agência”.

Infrações

A primeira fiscalização foi em janeiro de 2019, quando a fiscalização da Agepan considerou fora do limite aceitável o indicador de continuidade da Energisa. Esse dado mostra se a concessionária está dentro dos limites aceitáveis de duração e frequência de interrupções no fornecimento de energia elétrica.

Para essa ocorrência, foi estipulada multa de R$ 813.956,38. O processo foi finalizado e resultou apenas em advertência à concessionária.

A outra irregularidade que voltará a ser alvo de fiscalização é em relação à central de teleatendimento da empresa. A Agepan considerou que a estrutura do setor não estava adequado e emitiu infração com multa de R$ 3,4 milhões à Energisa. Mais uma vez, o processo resultou em advertência.

Ainda segue aberto um processo mais antigo, de 2018, que considerou a qualidade do fornecimento de energia elétrica pela Energisa. A Agepan concluiu que o índice não era satisfatório e emitiu infração com multa de R$ 99.826,98.

O processo ainda está em aberto na Aneel, que analisa manifestação da concessionária para posterior julgamento.

Em nota, a Energisa informou que “o processo referente à fiscalização sobre os indicadores de continuidade do fornecimento de energia, em 2019, após a apresentação de recurso por parte da EMS, a AGEPAN converteu a multa em advertência, uma vez que as falhas identificadas eram de baixo potencial”.

A concessionária afirma que “realiza investimentos e manutenções em sua rede de distribuição”.

Como são feitas as fiscalizações

As fiscalizações são programadas para cada ano e são feitas pela Agepan em . A Agepan informou que “também podem ocorrer fiscalizações pontuais, inicialmente não constantes do planejamento anual, em resposta a demandas”. Por isso é importante saber registrar a reclamação corretamente.

Como reclamar?

Primeiro, é necessário passar pelo atendimento da Energisa e reclamar no setor de atendimento ao cliente. Após isso, é possível falar com a ouvidoria da própria concessionária. Lembre-se de anotar todos os protocolos.

Se o problema não for resolvido, o cliente pode utilizar os canais da própria Aneel para registrar a queixa.

• aplicativo para celular: ANEEL (Android e IOS)

• formulário no site da Aneel;

• telefone 167 (de segunda a sábado, das 6h20 à meia-noite) ou 0800 0167.

Líder em reclamações, Energisa é advertida pela Aneel para corrigir falhas em interrupção de energia
Mais notícias