Com pandemia, comércio deve informar preço de álcool e máscaras toda semana em Campo Grande

Estabelecimentos ainda devem limitar a quantidade de produtos que cada consumidor pode levar

Diante falta de produtos de prevenção à transmissão do coronavírus nas prateleiras, os estabelecimentos terão que informar os preços de máscaras e álcool gel semanalmente. O decreto foi publicado pela Prefeitura de Campo Grande na terça-feira (17). A medida é uma maneira de fiscalizar e prevenir o aumento abusivo nos preços dos produtos.

A medida vale pelos próximos 90 dias. De acordo com a publicação, os comerciantes devem informar semanalmente os preços dos produtos – álcool gel e máscaras cirúrgicas. Os estabelecimentos ainda devem impor limite na quantidade de produtos comprados pelos consumidores. Alguns supermercados da Capital já começaram a liminar a quantidade de álcool gel que cada família pode comprar.

Os estabelecimentos deverão ainda informar, de forma ostensiva, por meio de faixas ou banners colocados em área externa, a disponibilidade, o preço e o quantidade de unidades ou caixas permitidas para aquisição por cada consumidor. As placas ou banners deverão ter, no mínimo, as medidas de 1,5 metro quadrado.

Mais notícias