Fiscais vistoriam supermercado e dizem que funcionários tentam esconder produtos vencidos

Estabelecimento é reincidente e já registrou cerca de 10 autuações, diz Procon

Depois de diversas denúncias dos consumidores, fiscais do Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do ) Estadual fizeram uma vistoria no supermercado Extra e encontraram irregularidades, principalmente produtos vencidos. O estabelecimento é o da rua Maracaju e, segundo o órgão, o supermercado é reincidente, já registrou quase uma dezena de autuações. O supermercado foi autuado e deve apresentar defesa em 10 dias.

Na fiscalização realizada nesta quinta-feira (5), foram encontrados produtos com prazo de validade expirada. Um exemplo são as 34 pacotes de petiscos para gatos, vencidos desde março.

Entre os produtos vencidos, também foram encontrados 7,5 kg de queijo, 7 kg de bacalhau, leite fermentado, pães de forma, snacks, requeijão, iogurte e 9,1 kg de achocolatado, além de ração para animais domésticos como é o caso de cães, gatos e pássaros. Foi detectada, também, a presença de produtos impróprios ao consumo por não conterem quaisquer informações, entre estes, 10,4 kg de queijo e potes de sorvete.

O Procon ainda destaca que os funcionários tentaram dificultar o trabalho dos fiscais. Segundo informações, os funcionários teriam tirado os produtos vencidos das prateleiras, para esconder dos fiscais. No fim da fiscalização, os produtos considerados impróprios ao consumo foram danificados de modo a não ter condições de voltar à comercialização e descartados na presença dos fiscais.

Superintendente do Procon, Marcelo Salomão explica que o supermercado foi autuado e deve dar explicações sobre as irregularidades. “O supermercado foi autuado, isso não significa ainda a aplicação da sanção. Tem o prazo de 10 dias para apresentar a defesa, vamos julgar qual será a sanção, a multa pode chegar a R$ 50 mil”.

Por nota, a rede de supermercados informou que segue as determinações da legislação vigente e que os fatos apontados não condizem com o padrão exigido pela companhia. “A rede esclarece, ainda, que está tomando medidas para que as ocorrências não se repitam. Vale ressaltar, também, que a retirada e reposição de produtos das gôndolas faz parte da rotina da loja”.

(matéria editada às 12h41 para acréscimo do posicionamento da empresa)

Fiscais vistoriam supermercado e dizem que funcionários tentam esconder produtos vencidos
Mais notícias