ERRATA: Posto Mil tem gasolina a R$ 4,49, e não a R$ 4,99

Sinpetro afirma que maioria dos postos opera com preços entre R$ 4,45 e R$ 4,49 para gasolina

Diferente do que foi publicado em reportagem do Jornal Midiamax na quarta-feira (11), o preço do litro da gasolina no Posto Mil é de R$ 4,49. Inicialmente, a matéria divulgou o valor de R$ 4,99 para o posto, que fica localizado na avenida Manoel da Costa Lima. 

A matéria publicada inicialmente o título “Com gasolina mais cara do país, postos têm combustível por até R$ 4,99 em Campo Grande” já passou por correção. Sendo assim, a gasolina mais cara entre os postos pesquisados passa a ser de R$ 4,64.

Além disso, a reportagem ainda cita uma pesquisa feita pela Ticket Log, com os preços dos combustíveis em outubro. O levantamento aponta que teve a gasolina mais cara do Brasil no último mês. Segundo o IPTL (Índice de Preços Ticket Log), o estado que apresentou o maior valor para a gasolina foi o , fechando em R$ 4,77 em outubro. 

Porém, o Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de ) afirma que a maioria dos postos opera com preços entre R$ 4,45 e R$ 4,49. Segundo o Sindicato, em postos que oferecem descontos aos consumidores, o preço da gasolina pode chegar a preços entre R$ 4,10 e R$ 4,19. 

“O preço que normalmente está nas placas de preços aparece para preços à vista e à prazo, que são preços com pagamento em cartão de crédito, sendo que para pagamentos à vista e cartão de débito, os preços têm variação de 5% a 10% de descontos, através dos aplicativos das redes BR Distribuidora, Ipiranga e Shell. Como essas redes possuem somadas mais de 60% dos postos existentes, utilizam no aplicativo o preço médio com desconto cai para R$ 4,10 a R$ 4,19”, informou o Sinpetro, por nota.

ERRATA: Posto Mil tem gasolina a R$ 4,49, e não a R$ 4,99
Mais notícias