Diferença no preço da gasolina em Dourados pode chegar até 6,8%

É o que aponta uma pesquisa feita pelo Procon em 39 postos da cidade

Para conseguir abastecer o veículo com valores mais em conta, o douradense terá que percorrer alguns estabelecimentos. Pelo menos é o que revela a  primeira pesquisa de preços de combustíveis realizada em 2020 pelo Procon e que aponta uma diferença nos preços que pode chegar até 6,8%.

Foram pesquisados 39 estabelecimentos na cidade e distritos em relação aos valores de comercialização do etanol, diesel comum e S10 e gasolina comum e aditivada.Segundo o órgão, o menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 4,400; no diesel comum foi de R$ 3,675; diesel S10 R$ 3,725; e no etanol o menor preço praticado é de R$ 3,510.

A diferença entre o menor preço encontrado na gasolina comum (R$ 4,400) e o maior preço (R$ 4,693) é de 6,8%. No etanol a diferença entre o menor e maior preço é de 13,8%; no diesel comum é de 11,7% e no diesel S 10 é de 12,0 %.

O preço médio da gasolina em Dourados é de R$ 4,480. Em novembro de 2019 o preço médio praticado era de R$ 4,260, ou seja, houve alta de 5,5%.

Por outro lado, a pesquisa também mostra que o menor preço encontrado na gasolina em Dourados (R$ 4,400) é 0,08 centavos mais barato que o preço médio praticado (R$ 4,480) nos postos da cidade.

O diretor do Procon, Antônio Marcos Marques, lembra que os consumidores poderão exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que será feito pelo próprio funcionário do posto de combustível na frente do consumidor.