Decreto oficializa antecipação do toque de recolher às 22 horas, a partir de sexta-feira

Até então, início da medida é à meia-noite; inúmeros desrespeitos e aumento expressivo de Covid-19 são motivos da mudança

Medida já anunciada, a antecipação do toque de recolher às 22 horas, em Campo Grande, foi oficializada pelo decreto nº 14.361, publicado no (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (25). Confira o documento na íntegra clicando aqui, na página 1.

A mudança começa a valer de 26 de junho (sexta-feira) até 17 de julho. “Das 22 horas até ás 5 horas do dia seguinte, para confinamento domiciliar obrigatório em todo território do município”. Neste período, fica proibido “terminantemente” a circulação de pessoas, exceto quando necessário para serviços essenciais, cuja necessidade possa ser comprovada.

“A locomoção no horário em que vigorar o toque de recolher deverá ser realizada pelo indivíduo, preferencialmente, de maneira individual, sem acompanhante”. Poderá haver apreensão de veículos e condução forçada de pessoas pelas autoridades municipais, em caso de desrespeito.

Até então, o toque de recolher começa à meia-noite, mas teve o início antecipado diante dos inúmeros casos de desrespeito e o aumento expressivo de casos de . Nesta semana, um bar que, no dia da inauguração, ficou superlotado e desrespeitou ainda outras normas exigidas, foi fechado pela Vigilância Sanitária.

tem 61 mortes – a mais recente de uma mulher de 32 anos, de Dourados, que não tinha comorbidades – situação apontada como agravante dos quadros da doença. Na Capital, são 8 mortes registradas desde o início da pandemia.

Decreto oficializa antecipação do toque de recolher às 22 horas, a partir de sexta-feira
Mais notícias