Tem um Ford Ka? Confira se é um dos 143 mil convocados em recall por risco de incêndio

Atendimento começa no dia 22 de julho e consumidores devem agendar horário

Os proprietários de 143.514 carros Ford Ka do modelo hatch e sedan foram convocados em recall por risco de curto circuito e incêndio. A Ford convocou os consumidores donos dos carros nos modelos 2018 e 2019. Os carros com problema têm o final dos seguintes chassis:

Modelo Chassis (8 últimos dígitos) Datas de produção
2018 De J8159050 até K8206504 De 11 junho de 2018 até 10 de julho de 2018
2019 De K8164645 até K8366999 De 11 junho de 2018 até 15 de maio de 2019

Segundo a empresa, o defeito ocorreu durante o processo de instalação da bateria no veículo, quando o chicote do sistema de monitoramento de bateria pode ter sido montado de forma incorreta e ter ficado preso entre a bateria e o suporte, havendo a possibilidade de esmagamento e dano do chicote. Com isso, há risco de curto circuito com risco de incêndio no compartimento do motor.

Para resolver o problema, os consumidores devem atender ao recall para a instalação de uma fita de isolamento e clipe de retenção no chicote do sistema de monitoramento da bateria ou, caso necessário, substituição gratuita do chicote. Para agendar o atendimento, é só ligar para o telefone 0800 703 3673 ou uma Concessionária Ford para confirmar se seu veículo está envolvido neste recall. Caso confirmado, será agendada a realização gratuita do serviço.

O atendimento deve começar no dia 22 de julho. Segundo a Ford, estima-se 20 minutos para instalação da fita de isolamento e do clipe de retenção. Caso necessário, será feita a substituição do chicote, no prazo de uma hora.

Mais notícias