Por irregularidades no alvará e falta de registro, academia na Vila Progresso é interditada

A liberação só ocorrerá após os proprietários do estabelecimento sanarem as irregularidades

O Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) interditou uma academia de condicionamento físico da avenida Fábio Zahran, na Vila Progresso, por conta do vencimento do alvará de localização e funcionamento. O motivo da interdição partiu de uma ação com Decon-MS (Delegacia do Consumidor) e do CREF-MS (Conselho Regional de Educação Física).

Segundo o órgão, a academia apresentava diversas irregularidades que foram vistas durante a ação. Uma das primeiras irregularidades era a ausência de documentação fundamental atualizada e seguia pelo alvará de localização e funcionamento que estava com vencimento atrasado desde o mês de agosto deste ano.

O que chamou a atenção do Procon-MS era o endereço que continha no alvará. Mesmo vencido, o local de atividades de condicionamento físico era diferente da onde eram realizadas demais modalidades. Ainda na ação, foi identificado que não havia sido apresentado o registro do estabelecimento junto ao CREF-MS.

A academia ficará interditada por tempo indeterminado, segundo o Procon-MS. A liberação só ocorrerá após os proprietários do estabelecimento sanarem as irregularidades, após protocolar os documentos comprobatórios na sede do órgão.

Mais notícias