Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Ótica no centro de Campo Grande é autuada por praticar venda casada de produtos

Estabelecimento pressiona consumidor a comprar óculos no mesmo local onde fez a consulta

Uma ótica em Campo Grande foi autuada pelo Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) Estadual depois de fazer venda casada. Casos como este são alvos cada vez mais frequentes de denúncias dos consumidores e o órgão decidiu fiscalizar uma das óticas da Capital, localizada na rua Cândido Mariano.

Segundo o Procon, os consumidores são induzidos por panfletos distribuídos nas ruas do centro da cidade, quando procuram os serviços de oftalmologistas que são donos de óticas. O órgão aponta que os estabelecimentos especializados no aviamento de receitas praticamente obrigam o consumidor a comprar os óculos prescritos em suas lojas.

Neste caso os argumentos para convencer as pessoas são, principalmente, descontos tanto no preço da consulta, de R$ 120 por R$ 70, quanto nos óculos, com um desconto de até R$ 50. O Procon ressalta que após feita a consulta e procurada a ótica para orçamento, a receita fica retida, o que impede o consumidor de verificar preços. Esta prática é proibida por lei e conhecida como venda casada.

O superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, lembra à população para sempre procurar seus direitos. “Basta procurar o órgão de defesa do consumidor e fazer sua denúncia que, após confirmada pratica abusiva, o comércio ou prestador de serviço será notificado a prestar esclarecimentos a respeito, correndo o risco de ser alvo de multa por ludibriar as pessoas”, diz.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...