Mais de 13 mil produtos foram descartados em 2019 pelo Procon-MS

Em onze meses foram cerca de 368 autos de infração

Em Mato Grosso do Sul, de janeiro a novembro, cerca de 603 diligências foram realizadas pelo (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor). Dessas diligências, 368 resultaram em autos de infração e 13.406 produtos foram descartados.

Dos itens, 9.213 estavam vencidos, 2.303 eram impróprios em razão de várias irregularidades e 1.890 não tinham informações essenciais. Os três setores que mais receberam denúncias e autos de infração foram o comércio em geral, supermercados e bancos.

As equipes do Procon-MS realizaram pelo menos 194 fiscalizações no comércio em geral, que renderam 84 autos de infração. Nos supermercados foram realizadas 131 visitas e expedidos 92 autos. O terceiro colocado é o setor bancário, que teve 148 visitas de fiscalização e 118 autos de infração.

Também houveram 4 visitas em postos de gasolina, com 19 autuações, 46 ocorrências nas rodoviárias para garantir o direito dos beneficiários de passagem com desconto e gratuitas. Cerca de 20 farmácias e 10 academias foram fiscalizadas nesses 11 meses, 10 das farmácias foram autuadas e 8 academias. Grande parte das fiscalizações são realizadas a partir de denúncias dos consumidores.

 

Mais de 13 mil produtos foram descartados em 2019 pelo Procon-MS
Mais notícias