Carrefour promete entregar celular a cliente de Campo Grande que recebeu só luvas sujas

O Procon também acionou a empresa para ajudar a resolver o problema

Depois de comprar um smartphone pela internet e receber luvas sujas, o caso da consumidora do bairro Nova Lima, em Campo Grande, deve ser resolvido em breve. A empresa já fez o envio do pedido e a cliente deve receber um celular novo em casa.

Inicialmente, a loja online já havia informado ao Jornal Midiamax que a cliente receberia o celular que comprou. Entretanto, a consumidora disse que ainda não havia recebido uma resposta diretamente da empresa. Foi quando o Procon (Superintendência de Orientação e Defesa do Consumidor) Estadual viu o caso e também acionou o Carrefour para resolver o problema.

“Nós vimos a matéria pelo site. Pedi o contato da consumidora para que ela viesse ao Procon. Logo entramos em contato com o Carrefour, que imediatamente se disponibilizou para enviar imediatamente a compra dela”, diz o superintendente Marcelo Salomão.

Segundo o Procon, a empresa não deve ser punida pelo caso porque se disponibilizou a resolver a situação imediatamente. Entretanto, a empresa levou uma advertência. Segundo o superintendente, casos em que o cliente não recebe o que pediu não são tão comuns, mas acontecem.

“A gente orienta a tomar cuidado, printar a tela na hora da compra e quando chegar, checar na hora se está tudo certo. Se tiver irregularidade, procure o Procon”, informa.

Luvas sujas e sachê de ketchup e maionese

Moradora do bairro Nova Lima, a consumidora comprou um celular Samsung A50 por R$ 1.375 no site do Carrefour no dia 23 de novembro. O pedido foi entregue nesta segunda (2), mas ao invés do celular, a caixa trazia luvas sujas e sachês de ketchup e maionese.

“Foi totalmente decepcionante. Quando chegou, notamos que estava leve. Como os aparelhos da Samsung são leves e estava lacrado por fora, eu fiquei tranquila. Quando abri a caixa, vi que a caixinha do celular estava violada e quando tiramos, tinha luvas sujas e sachês”, relata a cliente, que preferiu não ser identificada na matéria.

Ela conta que o pedido foi entregue por uma transportadora e que a caixa não tinha nenhum sinal de violação. O Carrefour, por meio de sua assessoria, se manifestou e afirmou que enviará um novo celular para o cliente e acompanhará o caso. Confira a nota na íntegra:

“O Carrefour lamenta o caso ocorrido. A empresa entrou em contato com a cliente, assim que soube do ocorrido, a fim de oferecer todo o suporte necessário. Um novo aparelho celular será enviado, com urgência, e a rede acompanhará todo o processo até a entrega do produto. A companhia reafirma seu compromisso em oferecer a melhor experiência de compras, respeitando a legislação e o Código de Defesa do Consumidor”.

Mais notícias