Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Espera de mais de 1 hora gera autuação a agências bancárias na Capital

Fiscalização foi realizada em setembro

Três agências de Campo Grande foram autuadas pelo Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) entre os dias 12 e 19 de setembro. Denúncias por demora no atendimento levaram o órgão a fiscalizar 6 agências de  uma mesma instituição bancária.

Durante as inspeções fois constatada demora de até 1h46m em um dos estabelecimentos bancários. Foram fiscalizadas seis agências localizadas na avenida Mascarenhas de Moraes, rua Barão do Rio Branco, nas avenidas Gury Marques, Bandeirantes e Mato Grosso e na rua Treze de Maio. As três últimas foram as autuadas.

Neste ano, o Procon Estadual realizou fiscalizações em 14 agências dessa instituição bancária, sendo 12 em Campo Grande, uma em Corumbá e outra em Nova Andradina. A força tarefa resultou em nove autos de infração.

O Procon Estadual informa que o tempo máximo de espera em agências bancárias de Mato Grosso do Sul é de 15 minutos, conforme legislação (Lei nº 2.085/2000). Além disso, a lei exige que os bancos forneçam ao cliente uma senha com o registro eletrônico do horário de sua entrada e saída do estabelecimento.

Já, em Campo Grande, a Lei municipal nº 4303/2005 considera tempo razoável para atendimento de espera de até 20 minutos nos dias de pagamento a servidores públicos, de vencimento de contas de concessionárias de serviços públicos e de recebimento de tributos. Nas vésperas de feriados prolongados, esse tempo de atendimento é de até 25 minutos. Em dias normais, o tempo de espera deve ser de até 15 minutos, conforme a Lei Estadual.

Denúncias – O Procon Estadual disponibiliza o número 151, por meio do qual os consumidores podem denunciar a demora da fila de banco e também outras irregularidades nas relações de consumo.

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...