Procon divulga lista das empresas com mais reclamações

O Procon divulgou hoje (16) a relação de empresas com maior número de reclamações durante o mês de junho. O curso Paulistec liderou a lista com 359 queixas de consumidores, somando ao todo 368 representações desde o início do ano. A segunda posição, no mesmo período, ficou com a Brasil Telecom, que teve 82 queixas.


No ranking geral do primeiro semestre do ano, a empresa de telefonia encabeça a lista com 461 reclamações. Nas dez primeiras posições estão outras duas empresas de telefonia, companhias de água e energia, um banco, empresa de prestação de serviço e varejo. No último mês o Procon recebeu ao todo 1.702 reclamações, que somam 7.033 desde o início do ano. Entre as empresas com maior número de queixas apresentadas estão os bancos e lojas de varejo.


A lista é divulgada todos os meses pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor. A relação completa do mês de junho pode ser acessada no link Ranking Relamações.pdf. Paulistec Os processos administrativos abertos no Procon contra a Paulistec estão sendo finalizados com rapidez. Até agora já foram realizadas 117 audiências para restituição dos valores pagos – em média R$ 500,00 – à escola que vendia diplomas irregularmente em Campo Grande.


Amanhã (17), sábado, serão realizadas mais 62 audiências de consumidores que apresentaram reclamação. O Procon conseguiu antecipar o ressarcimento dos alunos lesados pela escola. Esta semana, um ofício expedido por juiz da Terceira Vara Criminal de Campo Grande, autorizou a emissão de lâminas de cheque pelo Banco Bradesco para o pagamento dos credores.


Os consumidores que comparecerem às audiências, com participação do responsável legal da empresa, vão receber o cheque no valor devido. A compensação será feita somente mediante autorização do juiz. Um acordo feito anteriormente previa o pagamento por meio de alvará judicial, sem previsão de prazo para o recebimento.

Mais notícias