Procon divulga estatística nacional de reclamações em 2009

O Procon/MS divulgou hoje (11) as estatísticas do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que compõem o Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas de 2009, a partir de informações dos Procons de quase todos os Estados, enviadas ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça (DPDC).

A empresa OI Brasil Telecom é a primeira no ranking com 5.966 reclamações, seguida do banco Itaú Unibanco com 4.360 registros e da empresa Nokia com 3.598. No ranking estão elencadas 30 empresas dos mais variados seguimentos.

Segundo o superintendente do Procon/MS, Lamartine Ribeiro, o atendimento nos Procons é em torno de quatro vezes maior que o número de processos administrativos abertos, as chamadas reclamações. “Assim, se uma empresa teve mil reclamações, o número estimado dos seus clientes/consumidores que procuraram os Procons está na casa dos 4 mil”, ressalta.

Segundo o superintendente, duas estatísticas: a primeira refere-se ao total de reclamações das 30 empresas com o maior número de processos abertos nos Procons e a segunda considera somente as situações que não foram resolvidas mesmo com os processos abertos, o que indica um maior índice de desrespeito ao consumidor. “Todas as reclamações aqui consideradas foram julgadas como fundamentadas, ou seja, nos processos a razão era do consumidor”, finaliza.

Mais notícias