Na Justiça, advogado de Bola pede que cliente não faça reconstituição

O advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, que defende Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, impetrou um mandado de segurança, nesta sexta-feira (16), contra Edson Moreira, delegado-chefe do Departamento de Homicídios de Belo Horizonte.


No documento, o defensor quer garantias legais para seu cliente não prestar depoimento e não participar de reconstituição no caso do desaparecimento de Eliza Samudio.


O mandado de segurança, com pedido de concessão de liminar, ainda não foi julgado, de acordo com o site do Tribunal de Justiça (TJ) de Minas Gerais. De acordo com Júnior, Bola só vai falar após a conclusão do inquérito, assim que a defesa tiver acesso formal às acusações da polícia.

Mais notícias