Cotidiano

Vigilância Sanitária fecha réveillon em tabacaria e festa com mais de 80 pessoas em Campo Grande

Um ano novo começa nesta sexta-feira (1º) e a esperança de todos é que a pandemia de coronavírus acabe logo. Porém, se depender de parte da população de Campo Grande, a queda no número de casos pode se tornar um sonho distante. O ano de 2021 já começou com registro de aglomeração e até festa […]

Mylena Rocha Publicado em 01/01/2021, às 09h29 - Atualizado às 15h56

Festa era realizada no bairro Universitário. (Foto: Divulgação/Vigilância Sanitária)
Festa era realizada no bairro Universitário. (Foto: Divulgação/Vigilância Sanitária) - Festa era realizada no bairro Universitário. (Foto: Divulgação/Vigilância Sanitária)

Um ano novo começa nesta sexta-feira (1º) e a esperança de todos é que a pandemia de coronavírus acabe logo. Porém, se depender de parte da população de Campo Grande, a queda no número de casos pode se tornar um sonho distante. O ano de 2021 já começou com registro de aglomeração e até festa com compartilhamento de narguilé – o que é proibido, devido à chance de contaminação pela Covid-19. 

Nesta madrugada, a Vigilância Sanitária fiscalizou alguns estabelecimentos que foram denunciados por descumprimento do toque de recolher e de medidas de biossegurança. A fiscalização foi feita em conjunto com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana), Guarda Municipal e Polícia Militar.

Os fiscais estiveram em uma tabacaria que foi autuada por promover uma festa após o toque de recolher. Além da aglomeração de pessoas, o que já é um risco para transmissão do coronavírus, as pessoas ainda compartilhavam o narguilé. 

A equipe ainda encerrou uma festa, realizada no bairro Universitário. O responsável foi autuado, por realizar festa sem plano de biossegurança e termo de responsabilidade. No evento, havia mais de 80 pessoas.

A fiscalização ainda passou pelos Altos da Afonso Pena, onde a aglomeração foi dispersada. Equipe também esteve em um espaço de eventos e dois hotéis denunciados por festa com aglomeração, mas os locais estavam fechados. 

Jornal Midiamax