Cotidiano

VÍDEO: Em conveniência, pessoas se aglomeram sem máscaras e ignoram distanciamento

Com leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ocupados em Campo Grande e o número de casos subindo cada vez mais, aglomeração em conveniência no Bairro Universitário gera revolta nos vizinhos. Moradores relatam a falta de medidas mínimas de biossegurança no local. Em denúncia ao Jornal Midiamax, contam que o estabelecimento já era problema até […]

Carolina Rocha Publicado em 10/01/2021, às 08h51 - Atualizado em 11/01/2021, às 07h42

Imagem enviada ao Jornal MidiamaxImagem enviada ao Jornal Midiamax
Imagem enviada ao Jornal MidiamaxImagem enviada ao Jornal Midiamax - Imagem enviada ao Jornal MidiamaxImagem enviada ao Jornal Midiamax

Com leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ocupados em Campo Grande e o número de casos subindo cada vez mais, aglomeração em conveniência no Bairro Universitário gera revolta nos vizinhos. Moradores relatam a falta de medidas mínimas de biossegurança no local. Em denúncia ao Jornal Midiamax, contam que o estabelecimento já era problema até antes da pandemia, por conta do som alto.

Segundo informações, todos os dias o estabelecimento está lotado e, assim como mostra no vídeo, as pessoas não utilizam máscara e não obedecem ao distanciamento entre as mesas. Também conforme os vizinhos, o estabelecimento não cobra nada, até mesmo os funcionários não utilizam proteção alguma.

Além da pandemia estar em alta e as pessoas precisarem evitar aglomeração, os clientes da conveniência geram desconforto em quem mora na frente e quer se proteger, pois muitas vezes é onde eles ficam consumindo as bebidas que compram no estabelecimentos.

Aglomerações em bares estão sendo um problema frequente em Campo Grande, não apenas no Pioneiros, mas em diversos pontos cidade. Mesmo com a divulgação diária dos casos de coronavírus e lotação dos leitos no Estado, as pessoas continuam se reunindo sem proteção e sem cumprir as medidas necessárias de biossegurança para contenção da disseminação do novo coronavírus, segundo denúncias que chegam à redação;

Jornal Midiamax