Cotidiano

UTIs lotadas: Campo Grande tem 85,5% de ocupação de leitos, entre maiores do país

Com 1.541 mortes em 24 horas, o Brasil bateu recorde de óbitos por coronavírus e enfrenta um dos momentos mais difíceis da pandemia. Além disso, as taxas de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) batem recordes, com 17 capitais com lotação de pelo menos 80%. Uma das capitais com os maiores índices […]

Mylena Rocha Publicado em 26/02/2021, às 09h21 - Atualizado às 11h57

Foto Ilustrativa: Saul Schramm/Subcom-MS
Foto Ilustrativa: Saul Schramm/Subcom-MS - Foto Ilustrativa: Saul Schramm/Subcom-MS

Com 1.541 mortes em 24 horas, o Brasil bateu recorde de óbitos por coronavírus e enfrenta um dos momentos mais difíceis da pandemia. Além disso, as taxas de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) batem recordes, com 17 capitais com lotação de pelo menos 80%. Uma das capitais com os maiores índices de ocupação de leitos é Campo Grande. 

Dados do Consórcio de Imprensa apontam que Campo Grande tem 85,5% de ocupação é uma das capitais com maior lotação de leitos de UTI. Além de Campo Grande, há outras cidades no ranking conforme apontou reportagem da Folha de São Paulo, confira:

  1. Porto Velho (RO), 100%; 
  2. Florianópolis (SC), 96,2%; 
  3. Manaus (AM), 94,6%; 
  4. Goiânia (GO), 94,4%,
  5. Fortaleza (CE), 94,4%;
  6. Teresina (PI), 93%;
  7. Curitiba (PR), 90,0%; 
  8. Natal (RN), 89,0%;
  9. Rio Branco (AC), 88,7%; 
  10. São Luís (MA), 88,1%;
  11. Campo Grande (MS), 85,5%
  12. Rio de Janeiro (RJ), 85,0%;
  13. Salvador (BA), 82,5%; 
  14. Boa Vista (RR), 82,2%; 
  15. Palmas (TO), 80,2%;
  16. Recife (PE), 80,0%;

Porém, dados do sistema Mais Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde) apontam que Campo Grande tem lotação geral de 88,18% em leitos de UTI. Com relação aos leitos de UTI Covid, a situação chama ainda mais a atenção, com lotação de 93,4%. O índice de ocupação de leitos UTI geral em Mato Grosso do Sul é de 82,62% conforme dados da SES. Já a ocupação de leitos UTI Covid é de 84,56%.

UTIs lotadas: Campo Grande tem 85,5% de ocupação de leitos, entre maiores do país

Segundo dados apresentados no portal Mais Saúde e atualizados até quinta-feira (25), o hospital referência no tratamento de coronavírus, o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) possuía 83 leitos de UTI para pacientes Covid, sendo que havia 84 leitos ocupados, ou seja, mais do que a capacidade da instituição. 

Campo Grande tem um total de 74.222 pacientes infectados desde o início da pandemia, segundo boletim epidemiológico da SES. A Capital tem incidência de 8.191 infectados a cada 100 mil habitantes e já registrou 1.444 mortes, com uma taxa de letalidade de 1,9%.

Jornal Midiamax