Cotidiano

Umidade relativa atinge 30% em MS e Inmet emite alerta para risco de incêndios e à saúde

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta, neste domingo (28), para a baixa umidade relativa do ar em todo Mato Grosso do Sul. O Estado atinge máxima de 30% em umidade e ressalta perigo de incêndio e prejuízos à saúde. De acordo com o alerta de nível amarelo, o ideal é beber muito líquido, […]

Karina Campos Publicado em 28/03/2021, às 17h12

Céu em Campo Grande; Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)
Céu em Campo Grande; Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax) - Céu em Campo Grande; Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta, neste domingo (28), para a baixa umidade relativa do ar em todo Mato Grosso do Sul. O Estado atinge máxima de 30% em umidade e ressalta perigo de incêndio e prejuízos à saúde.

De acordo com o alerta de nível amarelo, o ideal é beber muito líquido, evitar exposição ao sol e horas de sol alto, além de evitar exercícios físicos nas horas mais quentes do dia.

Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), os termômetros chegaram aos 41°C. O tempo seco exige atenção, conforme a OMS (Organização Mundial de Saúde). Então, a dica é manter o corpo hidratado.

A estimativa de claro a parcialmente nublado em grande parte do Estado, e há possibilidade de pancadas de chuvas na região sul a partir da tarde. As temperaturas poderão registrar mínima de 18°C e máxima de 41°C em Mato Grosso do Sul. Para Campo Grande a variação está estimada entre 22°C a 35°C.

Jornal Midiamax