Cotidiano

Sucuris gigantes são flagradas por fotógrafo durante expedição em rios de MS

Chamas de ‘Anacondas Brasileiras’, sucuris gigantes, de quase 7 metros, foram flagradas nas águas cristalinas de rios de Bonito, a 296 quilômetros de Campo Grande, durante uma expedição de fotógrafos em Mato Grosso do Sul. As fotos impressionantes foram registradas pelo biólogo Daniel de Granville, que estava na expedição a serviço do canal National Geographic […]

Karina Campos Publicado em 12/03/2021, às 09h08 - Atualizado às 19h25

None
Sucuri em rio de Bonito. (Foto: Daniel de Granville/Photo In Natur)

Chamas de ‘Anacondas Brasileiras’, sucuris gigantes, de quase 7 metros, foram flagradas nas águas cristalinas de rios de Bonito, a 296 quilômetros de Campo Grande, durante uma expedição de fotógrafos em Mato Grosso do Sul.

As fotos impressionantes foram registradas pelo biólogo Daniel de Granville, que estava na expedição a serviço do canal National Geographic e foram relembradas. Ele passou meses em campo e chegou a flagrar vários ciclos da natureza, como uma onça-pintada escalando e carregando um jacaré na boca.  “Essa é a minha foto que melhor mostra a força impressionante da onça-pintada!”, disse.

Outro registro, compartilhado pelo Photo In Natur, foi da reprodução de sucuris, próximo aos rios do município.

Pandemia

No ano passado, a expedição havia sido cancelada, por conta da pandemia, atrasando os registros raros de imagens durante o inverno.

“As fêmeas enormes são muito maiores e podem pesar mais que os machos em até 40 vezes. Observe a cabeça da fêmea em muda no canto superior direito e a do macho no centro do quadro. A região onde estamos baseados, no Centro-Oeste do Brasil, é provavelmente a melhor área do mundo para ver esses incríveis répteis em ação, tanto acima quanto abaixo da água”, escreveu, com saudade de poder realizar os registros.

Jornal Midiamax