Cotidiano

Semana começa com superlotação de 105% nas UTIs Covid-19 de MS

Nesta segunda-feira (5), são 32 pacientes atendidos além da capacidade do Estado

Dândara Genelhú Publicado em 05/04/2021, às 17h35

Paciente Covid-19 em estado grave recebendo tratamento.
Paciente Covid-19 em estado grave recebendo tratamento. - Foto: Reprodução/ Agência Brasil.

Mais uma semana iniciada com superlotação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Mato Grosso do Sul. Nesta segunda-feira (5), são 105,57% de ocupação nos hospitais do Estado que atendem pacientes Covid-19.

Assim, são 606 pacientes internados em UTI Covid-19 no Estado. Porém, existem apenas 574 leitos deste tipo em MS. Ou seja, 32 pessoas infectadas com coronavírus são atendidas além da capacidade.

Os dados são do Painel Mais Saúde, alimentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). O Jornal Midiamax fez monitoramento e utilizou informações atualizadas até às 17h30 desta segunda-feira (5).

Nos leitos clínicos de MS, 70,36% estão ocupados. Assim, das 1.319 vagas existentes, 928 estão ocupadas por pessoas infectadas por coronavírus. Então, existem 391 leitos para novas internações Covid-19.

Em Campo Grande, a superlotação é de 106,93%. Ou seja, 25 pessoas são atendidas além da capacidade hospitalar da Capital. São 357 pacientes, para 332 UTI Covid-19. Os leitos clínicos da cidade estão com 78,18% de lotação e suportam mais 120 pessoas infectadas com o vírus.

Jornal Midiamax