Cotidiano

Secretário prevê licitação do Rita Vieira e início da obra na Rui Barbosa para março

Aos 29 vereadores, a Prefeitura de Campo Grande apresentou pacote de obras já anunciados em 2020 e que, atualmente, estão em andamento ou aguardando lançamento de licitações. Segundo o secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi, a ideia é lançar todas as concorrências neste ano. “Alguns projetos ainda estão em andamento, outras fazendo projetos”. A pavimentação do […]

Mayara Bueno Publicado em 19/02/2021, às 12h18 - Atualizado às 12h28

Secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi. (Foto: Arquivo).
Secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi. (Foto: Arquivo). - Secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi. (Foto: Arquivo).

Aos 29 vereadores, a Prefeitura de Campo Grande apresentou pacote de obras já anunciados em 2020 e que, atualmente, estão em andamento ou aguardando lançamento de licitações. Segundo o secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi, a ideia é lançar todas as concorrências neste ano.

“Alguns projetos ainda estão em andamento, outras fazendo projetos”. A pavimentação do Bairro Rita Vieira, por exemplo, deve sair ‘nas próximas semanas. O titular citou, ainda, Avenida Duque de Caxias, que será reformada no trecho a partir do Aeroporto Internacional de Campo Grande, Centenário, Dallas, Oliveira, além das duas últimas etapas do Nova Lima e a segunda da Vila Nasser.

Mais próximo de começar a obra é o caso da Rua Rui Barbosa, cuja abertura de proposta ocorreu em 27 de janeiro, de acordo com o secretário. “Deve ser assinado [o contrato] em março e, em abril, começa a obra”. A intervenção está prevista em toda a extensão, desde a Rua Trindade, perto da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), até a Rachid Neder, no Bairro São Francisco. Em dois lotes, a licitação prevê contratação de duas empresas para atuação em duas frentes de trabalho nos lados opostos da via.

A Prefeitura de Campo Grande prevê, ainda, a continuação da obra na Avenida Ernesto Geisel, a partir da Rua do Aquário até a Avenida Manoel da Costa Lima. Para tanto, equipe do município vai a Brasília para conseguir emendas que garantam a intervenção. O objetivo é fazer a contenção das margens com gabião e revitalizar o pavimento.

Ainda segundo Rudi Fioresi, a instalação das estações de embarque no transporte coletivo da Rua Brilhante será retomada assim que a chuva diminuir e já está em início o corredor na Avenida Marechal Deodoro, até o Terminal Aero Rancho, e o retorno até a Avenida Bandeirantes. A ideia é também neste ano a licitação para obras semelhantes na Avenida Calógeras.

Jornal Midiamax