Cotidiano

Retorno das aulas na rede municipal de Sidrolândia será feito de forma remota

A Prefeitura de Sidrolândia anunciou que o ano letivo de 2021, será realizado de forma remota para Escolas Municipais e Centros Municipais de Educação Infantil. O início das aulas ficou programado para a segunda-feira (01), em março. A gestão municipal informou ontem (24), que Sidrolândia acompanhará a decisão tomada em Assembleia Geral da Assomasul (Associação […]

Ranziel Oliveira Publicado em 25/02/2021, às 12h57

Prefeitura de Sidrolândia. (Foto: Rafael Brites / Prefeitura de Sidrolândia).
Prefeitura de Sidrolândia. (Foto: Rafael Brites / Prefeitura de Sidrolândia). - Prefeitura de Sidrolândia. (Foto: Rafael Brites / Prefeitura de Sidrolândia).

A Prefeitura de Sidrolândia anunciou que o ano letivo de 2021, será realizado de forma remota para Escolas Municipais e Centros Municipais de Educação Infantil. O início das aulas ficou programado para a segunda-feira (01), em março.

A gestão municipal informou ontem (24), que Sidrolândia acompanhará a decisão tomada em Assembleia Geral da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) ocorrida na terça-feira (23), quando os prefeitos optaram por começar as aulas na Rede Municipal de Ensino, pelo sistema online, e prorrogar a volta dos alunos às salas (presencial).

A Seme (Secretaria Municipal de Educação) estará com uma plataforma de ensino, e os alunos que não tiverem acesso à internet receberão as atividades impressas pela escola. Cada unidade fará o plano de ação e definirão a melhor estratégia de atendimento aos alunos que necessitarem.

Os pais e responsáveis que tiverem dúvidas podem comparecer às unidades escolares para falar com os diretores. Ainda conforme a secretaria, a partir do início na segunda-feira, e em princípio, até 1º de abril, os alunos terão aulas remotas.

Protocolo de biossegurança

As 27 unidades de ensino da Rede Municipal (Escolas e Cmeis), já receberam os insumos e EPIs para o cumprimento das normas de biossegurança de prevenção à Covid-19. Neste quesito, as gestões escolares foram orientadas pela Seme, para seguirem o protocolo.

Jornal Midiamax