Prefeitura prorroga toque de recolher com diminuição de 1h no horário

Medida de prevenção agora é válida até o dia 6 de fevereiro

Prefeito () prorrogou o em Campo Grande, diminuindo uma hora no tempo da proibição. O ato foi publicado na edição desta quarta-feira (20) do (Diário Oficial de Campo Grande) e passa a vigorar a partir do dia 22 de janeiro até o dia 6 de fevereiro.

Segundo o decreto, o novo horário será de 23h até às 5h do dia seguinte. No decreto anterior, que é válido até amanhã, o horário do toque é de 22h até às 5h. A Capital está sob toque de recolher desde meados de março de 2020, como medida para frear o deslocamento de pessoas e frear o contágio pela covid-19.

O novo decreto mantém as demais medidas de restrição. Serviços essenciais como estabelecimentos de saúde, postos de combustíveis, farmácias e delivery podem continuar operando. Todos os estabelecimentos com atendimento ao público devem se limitar a receber até 40% da capacidade.

Eventos esportivos e campeonatos continuam proibidos, bem como qualquer tipo de aglomeração como rodas de tereré e narguilé. Os shoppings podem funcionar das 10h às 22h. O restante do comércio está autorizado das 8h às 21h.

O transporte coletivo segue limitado a 70% da capacidade, com circulação das 5h à 00h. Os passes-livres para estudantes continuam suspensos e o dos idosos funcionam das 9h às16h, diariamente.

Quem desrespeitar o decreto pode responder pelos crimes de infração à medida sanitária vigente e desobediência, além de multas e sanções previstas no Código Sanitário Municipal.

Prefeitura prorroga toque de recolher com diminuição de 1h no horário
Mais notícias