Cotidiano

Prefeitura de Bodoquena suspende expediente após aumento nos casos de coronavírus

A Prefeitura de Bodoquena suspendeu o expediente municipal, incluindo de secretarias e departamentos, a partir desta terça-feira (30). A medida foi publicada nesta segunda (29), como uma ação preventiva devido ao aumento no número de casos de coronavírus, e segue orientações da Secretaria Municipal de Saúde. A restrição dura até a próxima segunda-feira (5) de abril, […]

Ranziel Oliveira Publicado em 30/03/2021, às 13h28 - Atualizado às 13h48

Sede da Prefeitura de Bodoquena (Foto: Divulgação / Prefeitura de Bodoquena)
Sede da Prefeitura de Bodoquena (Foto: Divulgação / Prefeitura de Bodoquena) - Sede da Prefeitura de Bodoquena (Foto: Divulgação / Prefeitura de Bodoquena)

A Prefeitura de Bodoquena suspendeu o expediente municipal, incluindo de secretarias e departamentos, a partir desta terça-feira (30). A medida foi publicada nesta segunda (29), como uma ação preventiva devido ao aumento no número de casos de coronavírus, e segue orientações da Secretaria Municipal de Saúde.

A restrição dura até a próxima segunda-feira (5) de abril, quando o expediente volta a ser realizado de forma interna, permanecendo suspenso atendimento ao público por tempo indeterminado.

Neste período, os serviços considerados essenciais serão realizados em regime de plantão e escalas definidas pelas secretarias.

Conforme registrado pela Secretaria de Saúde, foram 24 novos pacientes diagnosticados com covid-19 nos últimos 10 dias e 33 suspeitos seguem em investigação, aguardando realização de exame ou resultado, por isso a importância de restringir a circulação de pessoas no município.

A orientação é para que toda a população- em especial servidores – evite sair de casa sem necessidade e permaneça se cuidando, fazendo uso de máscara de proteção individual, entre outros protocolos.

No caso de aparecimento de sintomas, os pacientes devem buscar atendimento no Hospital Municipal Francisco Sales, e quando isolados, respeitarem as medidas impostas pelos profissionais da saúde.

Jornal Midiamax