Cotidiano

PMA autua fazendeiro de Caracol em R$ 15 mil por desmatamento ilegal

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bela Vista autuou um fazendeiro em mais de R$ 15 mil por desmatamento ilegal, nesta segunda-feira(01). A destruição de 26 hectares aconteceu no município de Caracol e atingiu uma área de mata ciliar e da reserva legal da propriedade. A supressão ilegal foi realizada em uma área de 26 […]

Ranziel Oliveira Publicado em 02/02/2021, às 12h35

(Foto: Divulgação / PMA)
(Foto: Divulgação / PMA) - (Foto: Divulgação / PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bela Vista autuou um fazendeiro em mais de R$ 15 mil por desmatamento ilegal, nesta segunda-feira(01). A destruição de 26 hectares aconteceu no município de Caracol e atingiu uma área de mata ciliar e da reserva legal da propriedade.

A supressão ilegal foi realizada em uma área de 26 hectares de vegetação fora de área de proteção especial, mas que precisa ser licenciada, atingindo também uma área de 0,76 hectares em vegetação protegida de mata ciliar de um córrego que corta a propriedade e ainda 0,73 hectares de área de reserva legal.

O desmatamento ocorrera há algum tempo e foi verificado por imagens de satélite e já estava com plantio de pastagem. Foi utilizado drone para caracterização da área desmatada e aparelho de GPS para localização e aferição. Verificou-se que parte da madeira proveniente da vegetação desmatada ilegalmente encontrava-se em meio à pastagem em coivaras. As atividades foram interditadas.

O infrator de 30 anos, morador de Jardim, foi autuado administrativamente e multado em R$ 15.241,00. Ele também responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção, pena agravada por envolver área protegida por lei. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax