Cotidiano

Pedaladas e corridas estão liberadas no Parque dos Poderes durante feriado e fim de semana

Atividades podem acontecer das 7h às 16h na região

Karina Campos Publicado em 01/04/2021, às 11h06

A recomendação é que moradores respeitem as regras de biossegurança.
A recomendação é que moradores respeitem as regras de biossegurança. - (Foto: Divulgação/Fundesporte)

As atividades físicas nas regiões do Parque dos Poderes, em Campo Grande, estão liberadas durante o feriado da Sexta-feira Santa (2), e no fim de semana, das 7h às 16h, conforme o início do toque de recolher, para tentar frear o avanço da Covid-19.

Conforme a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), durante a pandemia, o intuito da administração estadual foi ampliar o espaço reservado à prática de atividade física, evitando assim a aglomeração de pessoas e o possível contágio viral.

“Mesmo com orientação das autoridades sanitárias para permanecer em casa, o Parque dos Poderes continuou sendo um dos principais pontos de encontro da população que tem o hábito de se exercitar”, informou a fundação.

Com a liberação, patinadores, ciclistas e corredores poderão praticar esportes nas pistas do parque. O trecho interditado, da pista direita, compreende a área entre a rotatória da Avenida Mato Grosso, após a Avenida Hiroshima, até a Avenida Afonso Pena, em frente ao Corpo de Bombeiros, contornando o Parque Estadual do Prosa.

A fundação ressalta que os moradores devem se exercitar com responsabilidade, respeitando os protocolos de biossegurança. Durante a realização das atividades, é essencial o cuidado com o distanciamento social, uso de máscara facial durante realização de exercícios físicos leves e moderados, não compartilhamento de utensílios, como garrafas de água, tereré alimentos e objetos pessoais.

 “É importante que a população frequente os parques com extrema responsabilidade, até para que não haja a necessidade de medidas mais restritivas, que podem até acarretar no fechamento temporário dos parques. A atividade física é fundamental à saúde, mas deve ser feita com muita cautela e consciência neste período”, salienta o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

Jornal Midiamax