Cotidiano

Para combate à dengue, fumacê passa por 27 bairros de Campo Grande nesta terça-feira

Moradores de 27 bairros de Campo Grande devem se preparar para a passagem do fumacê no fim da tarde e início da noite desta terça-feira (9). É importante abrir portas e janelas para que o inseticida entre nas casas e ajude a combater o Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O fumacê deve […]

Mylena Rocha Publicado em 09/03/2021, às 12h21 - Atualizado às 12h32

fumacê passará por 28 bairros da Capital (Foto: Divulgação / PMCG)
fumacê passará por 28 bairros da Capital (Foto: Divulgação / PMCG) - fumacê passará por 28 bairros da Capital (Foto: Divulgação / PMCG)

Moradores de 27 bairros de Campo Grande devem se preparar para a passagem do fumacê no fim da tarde e início da noite desta terça-feira (9). É importante abrir portas e janelas para que o inseticida entre nas casas e ajude a combater o Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O fumacê deve passar pelos bairros Aero Rancho, Alves Pereira, Amambaí, Jardim Caiobá, Vila Carlota, Coronel Antonino, Cruzeiro, Vila Jacy, Jockey Club, Lageado, Jardim Leblon, Los Angeles, Maria Aparecida Pedrossian, Mata do Segredo, Vila Nasser, Jardim Noroeste, Jardim Panamá, Pioneiros, Santo Antônio, São Conrado, Jardim Seminário, Rita Vieira, Taquarussu, Taveirópolis, Tijuca, Tiradentes e Vilas Boas. 

Os carros passarão pelos bairros das 16h às 22h, horário em que a maioria das pessoas estão em casa, sendo que, dependendo da condição climática, em caso de chuvas ou fortes ventos, o serviço terá que ser suspenso, já que assim não há efetividade no lançamento do veneno para os mosquitos.

A população deve abrir portas e janelas enquanto os veículos passam pelas ruas, permitindo que as gotículas do inseticida entrem no interior da residência, onde normalmente estão abrigados os Aedes aegypti. O inseticida atinge os mosquitos adultos, preferencialmente as fêmeas, que são as transmissoras das doenças. Ainda assim é possível que outras espécies sejam atingidas e, por isso, é necessária uma aplicação criteriosa do veneno.

Jornal Midiamax