Pandemia avança e MS tem recorde de mortes por coronavírus em 24 horas

Estado soma 2,4 mil vítimas da Covid-19 desde início da pandemia

bateu mais um recorde na pandemia de coronavírus: mais 33 óbitos foram confirmados no boletim epidemiológico desta terça-feira (5). Este foi o recorde de mortes confirmadas em 24 horas, o recorde anterior havia sido registrado no final de dezembro, quando o boletim apresentou 31 óbitos em um dia. Com isso, MS já soma um total de 2,4 mil vítimas da

Os dados divulgados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) têm mostrado como a pandemia avança com rapidez em , principalmente no último mês. Em dezembro, MS registrou 30 mortes ou mais mortes por em 24 horas em três boletins epidemiológicos, dos dias 22, 24 e 30 de dezembro. 

MS chegou ao pico da pandemia de coronavírus e os números não devem diminuir tão cedo. Somente nas últimas 24 horas, mais 1,3 mil casos da doença foram confirmados e com isso o Estado chegou a 137,5 mil pacientes infectados. A média de 960 novos casos confirmados por dia em MS.

Taxa de letalidade aumenta em MS

Devido ao avanço das mortes nos últimos dias, a taxa de letalidade voltou a aumentar no estado. A taxa que estava em 1,7% subiu para 1,8% na segunda-feira (4). A taxa de letalidade é um parâmetro usado para medir a gravidade do coronavírus. A taxa representa a porcentagem de pacientes infectados que morreram. Ou seja, a letalidade mede a chance de uma pessoa morrer em consequência da

Somente nos primeiros dias de 2021, MS soma 66 pacientes mortos pelo coronavírus. A média móvel indica que 23 pessoas perderam a vida para a doença por dia na última semana.

Pandemia avança e MS tem recorde de mortes por coronavírus em 24 horas
Mais notícias