Cotidiano

MS tem 177 pacientes com covid à espera de leitos para internação, diz Saúde

Com 100% das taxas ocupadas para leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid ocupadas há duas semanas, Mato Grosso do Sul tem 177 pacientes na fila de espera por internação em leitos – de enfermaria e críticos – para SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Conforme a SES (Secretaria Estadual de Saúde), a maioria dos pacientes […]

Gabriel Maymone Publicado em 31/03/2021, às 09h04 - Atualizado às 11h17

Maioria dos pacientes esperam por vagas em UPAs na Capital. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Maioria dos pacientes esperam por vagas em UPAs na Capital. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Maioria dos pacientes esperam por vagas em UPAs na Capital. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Com 100% das taxas ocupadas para leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid ocupadas há duas semanas, Mato Grosso do Sul tem 177 pacientes na fila de espera por internação em leitos – de enfermaria e críticos – para SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

Conforme a SES (Secretaria Estadual de Saúde), a maioria dos pacientes (57%) estão em Campo Grande. Assim, são 101 pessoas com covid precisando de internação aguardando liberação de leitos na Capital.

De acordo com os dados, na sequência estão Três Lagoas, com 17 pessoas na fila, e Dourados, que tem 15 doentes aguardando vaga para internação. Rio Verde de MT tem 4 pacientes precisando de transferência. Já Maracaju e São Gabriel do Oeste têm 3, cada.

Alternativa

Para desafogar os hospitais superlotados, a prefeitura de Campo Grande estuda medida para ativar 44 leitos UTI nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da Vila Almeida e do Bairro Universitário.

A medida ainda não está certa, mas estudos indicaram a viabilidade em disponibilizar os leitos nestas unidades, que voltariam o atendimento a receber pacientes com covid e desafogar a situação de hospitais.

Não há nenhuma definição em relação a prazo, tampouco em relação ao fluxo de atendimento. O estudo inicial mostra a viabilidade de disponibilizar a ativação de 44 leitos de UTI nestas duas unidades.

Jornal Midiamax