Cotidiano

MS registrou quase 1 milhão de raios nos dois primeiros meses do ano

Mato Grosso do Sul registrou nos dois primeiros meses do ano quase 1 milhão de raios, totalizando 942.827 raios que cortaram o céu do estado. A informação foi apurada pelo Jornal Midiamax após um jovem de 22 anos morrer ao sofrer descarga elétrica de raio em Paraíso da Águas a 277 quilômetros de Campo Grande. […]

Mariane Chianezi Publicado em 04/03/2021, às 16h37 - Atualizado às 16h42

Foto: Henrique Arakaki, Midiamax
Foto: Henrique Arakaki, Midiamax - Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

Mato Grosso do Sul registrou nos dois primeiros meses do ano quase 1 milhão de raios, totalizando 942.827 raios que cortaram o céu do estado. A informação foi apurada pelo Jornal Midiamax após um jovem de 22 anos morrer ao sofrer descarga elétrica de raio em Paraíso da Águas a 277 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o ELAT/INPE (Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), no mês de janeiro foram 522.218 raios contabilizados e em fevereiro, 420.609 raios. O ELAT destaca que só foram contabilizados os raios que chegaram a atingir o solo durante temporais e ‘tempos fechados’ em MS.

Em reportagem na última semana, mostrou que pecuaristas de Mato Grosso do Sul tiveram prejuízo de aproximadamente R$ 1,8 milhão por morte de cabeças de gado atingidas por raio. No período de 2010 a 2019 foram 358 mortes no Estado, o 3º maior número do país, segundo dados do ELAT/INPE.

Conforme os dados, o prejuízo médio foi de R$ 5 mil por animal morto. Contudo, o estudo estima que o número real de animais mortos seja bem maior, “pois alguns casos podem não ter sido divulgados na internet”. O levantamento indica que em todo o país foram 2.973 cabeças de gado mortas por raios, com prejuízo de R$ 15 milhões. Entretanto, o número real pode chegar a 4 mil e as perdas são calculadas em torno de R$ 20 milhões.

Morte por descarga elétrica

Odair Roberto Rocha, de 22 anos, morreu enquanto trabalhava em pasto de fazenda localizada em Paraíso das Águas. Chovia no momento e ele foi atingido por um raio quando estava no pasto da propriedade rural.

O incidente aconteceu no distrito de Bela Alvorada, que fica a 70 quilômetros de Paraíso da Águas, e de acordo com o relato do amigo de Odair ao site O Correio News, os dois estavam na fazenda para trabalhar com análise de solos e haviam chegado a propriedade rural no dia anterior.

Odair estava no pasto próximo a uma cerca quando recebeu a descarga elétrica. Chovia no momento, segundo o colega que foi socorrer a vítima e também recebeu uma descarga elétrica. O colega ainda fez massagens cardíacas em Odair.

Jornal Midiamax