Cotidiano

MS recebe novo lote com 32 mil doses da vacina Coronavac

Mato Grosso do Sul deve receber um novo lote de vacina contra o coronavírus nesta sexta-feira (5). Ao todo, serão 32 mil doses da Coronavac, um número menor do que o aguardado. A expectativa da SES (Secretaria de Estado de Saúde) era de receber cerca de 100 mil novas doses. Este é o quarto lote […]

Mylena Rocha Publicado em 05/02/2021, às 10h16 - Atualizado às 10h35

 (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
(Foto: Leonardo de França, Midiamax) - (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Mato Grosso do Sul deve receber um novo lote de vacina contra o coronavírus nesta sexta-feira (5). Ao todo, serão 32 mil doses da Coronavac, um número menor do que o aguardado. A expectativa da SES (Secretaria de Estado de Saúde) era de receber cerca de 100 mil novas doses.

Este é o quarto lote de vacinas encaminhadas para Mato Grosso do Sul. A informação sobre o novo lote foi divulgada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante coletiva de imprensa nesta sexta (5). 

Azambuja voltou a comentar que o Estado tem recursos para a compra de vacinas, mas reforça que não há vacinas disponíveis no mercado, já que todas as doses são compradas pelo Governo Federal. O governador afirma que quer mais doses e que gostaria de acelerar a entrada das vacinas. “Quanto mais pessoas vacinadas, mais rápido vamos retornando à normalidade”. 

A vacina estava prevista para chegar nesta sexta-feira (5). A SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirma que MS recebe 32 mil doses da Coronavac, mas aponta que o Ministério da Saúde ainda não informou o cronograma de distribuição. Por enquanto, ainda não há previsão para a chegada de novas doses ao solo sul-mato-grossense.

Vacinação de idosos

O Governo do Estado esperava receber cerca de 100 mil doses da vacina para iniciar a vacinação dos idosos acima dos 60 anos. Assim, MS teria 290 mil doses, o que seria suficiente para iniciar a vacinação em novos grupos. “Acredito que vamos poder terminar [a vacinação] nos profissionais de saúde. Terminar em idosos mais de 80 anos e, inclusive, alargar e começar a vacinar a partir de 70 ou de 60 anos que tenha comorbidades”, disse na última terça (2).

Com a chegada de mais dois lotes de vacinas no final da semana passada, municípios de Mato Grosso do Sul iniciaram a vacinação em idosos com idade a partir de 80 anos. Em Campo Grande, o município dividiu a vacinação conforme a idade, por exemplo, no primeiro dia, foram imunizados idosos a partir de 99 anos. No segundo dia foi a vez daqueles com 98 anos e assim por diante.

Distribuição deve ser feita em 12 horas

O secretário Geraldo Resende disse que a logística de distribuição das novas doses deve ser feita em 12h e não em 24h como estava sendo feito até então. “Aprendemos muito. Foi um sucesso a logística para que todas as vacinas estivessem em 24h [em todos os municípios]. Podemos agora fazer em 12h”, declarou.

Jornal Midiamax