Cotidiano

Jornalista que atuou em MS, José Cataldi morre por Covid-19 à espera de UTI

O jornalista José Carlos Cataldi, de 67 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (26) por complicações da Covid-19. O jornalista que teve passagens por Corumbá e Aquidauana, faleceu no interior de São Paulo, em hospital de Pindamonhagaba. De acordo com o O Globo, José Carlos estava à espera de um leito de UTI (Unidade de […]

Aliny Mary Dias Publicado em 27/03/2021, às 12h33

Reprodução: O Globo
Reprodução: O Globo - Reprodução: O Globo

O jornalista José Carlos Cataldi, de 67 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (26) por complicações da Covid-19. O jornalista que teve passagens por Corumbá e Aquidauana, faleceu no interior de São Paulo, em hospital de Pindamonhagaba.

De acordo com o O Globo, José Carlos estava à espera de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na Santa Casa do interior paulista, no entanto, em razão da lotação, não surgiu vaga para a internação do jornalista. José era diabético e portanto fazia parte do grupo de risco da doença.

Nascido no Rio de Janeiro, Cataldi foi um dos fundadores da rádio CBN. Trabalhou também como apresentador da TV Rio/Record; Rede Manchete, TV Educativa RJ (Programa Pensando em Você); e Comentarista jurídico da Rádio Justiça do STF. Recentemente, atuou como colunista do Jornal da Cidade, São José dos Campos Diário e Rede de TV Novo Tempo.

Ainda adolescente, o jornalista começou a atuar aos 14 anos e aos 16 anos já era chefe de reportagem da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. José Carlos teve passagem por rádios de Corumbá e Aquidauana ainda na juventude.

Jornal Midiamax